Me chamaste para caminhar

Letra e Música: Alfred Mercica

1. Me chamaste para caminhar na vida, contigo.
Decidi, para sempre, seguir-te, não voltar atrás!
Me puseste uma brasa no peito e uma flecha na alma...
É difícil, agora, viver sem lembrar-me de ti!

Te amarei, Senhor! Te amarei, Senhor!
Eu só encontro a paz e a alegria bem perto de ti.
Te amarei, Senhor! Te amarei, Senhor!
Eu só encontro a paz e a alegria bem perto de ti.

2. Eu pensei muitas vezes calar e não dar nem resposta;
eu pensei, na fuga, esconder-me, ir longe de ti.
Mas, tua força venceu e, ao final, eu fiquei seduzido:
é difícil, agora, viver sem saudade de ti.

3. Ó Jesus, não me deixes, jamais, caminhar solitário,
pois conheces a minha fraqueza e o meu coração...
Vem, ensina-me a viver a vida na tua presença,
no amor dos irmãos, na alegria, na paz, na união.

Áudio

Senhor se tu me chamas

Letra e Música: Luiz Carlos Susin

Senhor se tu me chamas
eu quero te ouvir.
Se queres que eu te siga,
respondo: eis-me aqui!

1. Profetas te ouviram e seguiram tua voz;
andaram mundo afora e pregaram sem temor.
Seus passos Tu firmaste sustentando seu vigor.
Profeta Tu me chamas: vê, Senhor, aqui estou!

2. Nos passos de teu Filho toda igreja também vai,
seguindo teu chamado de ser santa qual Jesus.
Apóstolos e mártires se deram sem medir.
"Apóstolo me chamas: vê, Senhor, estou aqui!"

3. Os séculos passaram, não passou, porém tua voz
que chama ainda hoje, que convida a te seguir.
Há homens e mulheres que te amam mais que a si,
e dizem com firmeza: vê, Senhor, estou aqui.

Áudio

Aleluia! Eu lhes dou este novo mandamento

Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia! (Bis)

Eu lhes dou este novo mandamento,
nova ordem, agora, eu lhes dou,
que se amem vocês mutuamente,
como eu os amei, diz o Senhor!

O Senhor é bondoso, compassivo e carinhoso (Salmo 102/103)

O Senhor é bondoso, compassivo e carinhoso.

1. Bendize, ó minh'alma, ao Senhor,
e todo o meu ser, seu santo nome!
Bendize, ó minh'alma, ao Senhor,
não te esqueças de nenhum de seus favores!

2. Pois ele te perdoa toda culpa,
e cura toda a tua enfermidade;
da sepultura ele salva a tua vida
e te cerca de carinho e compaixão.

3. Não fica sempre repetindo as suas queixas,
nem guarda eternamente o seu rancor.
Não nos trata como exigem nossas faltas,
nem nos pune em proporção às nossas culpas.

4. Quanto os céus por sobre a terra se elevam,
tanto é grande o seu amor aos que o temem;
quanto dista o nascente do poente,
tanto afasta para longe nossos crimes.

Vá e mostre o erro do seu irmão

Vá e mostre o erro do seu irmão,
quando ele, um dia, pecar!

Vá e mostre o erro que ele fez,
mas isso em particular...
Se ele ouvidos quiser lhe dar,
um irmão você vai ganhar.
Se ele ouvidos quiser lhe dar,
um irmão você vai ganhar.

1. Bendiz, minh'alma, o Senhor!
Seu nome seja louvado!
Minh'alma, louva o Senhor,
por tudo que me tem dado!
Me cura as enfermidades
e me perdoa os pecados.

2. Me tira da tira da triste morte,
me dá carinho e amor.
Com sua misericórdia
do abismo ele me tirou,
e, como se eu fosse águia,
vem renovar meu vigor.

3. Consegue fazer justiça
a todos os oprimidos.
Guiou Moisés no deserto
a Israel escolhido.
Tem pena, tem compaixão
e não se sente ofendido.

4. Distância da terra ao céu,
medida do seu amor.
Distância do poente ao nascente,
as nossas faltas vai pôr.
Qual pai que tem dó dos filhos,
de nós tem pena o Senhor.

5. Conhece nossa fraqueza,
que somos como poeira.
A nossa vida é uma planta,
uma pobre erva rasteira:
o vento vem e a desfolha,
já não se sabe onde era.

6. O amor de Deus aos que o temem
se mostra em cada momento.
Também, a sua justiça
protege eternamente
a quem se apega à aliança
e cumpre seus mandamentos.

7. Firmou no céu o seu trono
e ao mundo vai dominar.
Seus anjos cantam sua glória
e fazem o que ele mandar.
Que a terra e todos os homens
comigo venham louvar!

Refrão do 23º Domingo do Tempo Comum (Ano A)

Vá e mostre o erro do seu irmão,
quando ele, um dia, pecar!

Vá e mostre o erro que ele fez,
mas isso em particular...
Se ele ouvidos quiser lhe dar,
um irmão você vai ganhar.
Se ele ouvidos quiser lhe dar,
um irmão você vai ganhar.

Refrão do 24º Domingo do Tempo Comum (Ano A)
Meu pai não vai perdoar, jamais,
meu pai não perdoa não,
se a seu irmão você negar
o seu sincero perdão
se o coração você vai fechar
e não perdoa o irmão;
se o coração você vai fechar
e não perdoa o irmão.

Refrão do 25º Domingo do Tempo Comum (Ano A)
Quem são, quem são, quem serão, no fim,
do Reino teu os herdeiros?
Senhor, já nos ensinaste:
"Os últimos são primeiros!"
E vice-versa, os de frente
no Reino são derradeiros!
E vice-versa, os de frente
no Reino são derradeiros!

Refrão do 26º Domingo do Tempo Comum (Ano A)
Não basta chamar: “Senhor, Senhor!”,
pra entrar na Igreja do amor.
Há gente que já deu quedas
e sabe que é pecador
e está mais perto do Reino,
do que quem é julgador;
e está mais perto do Reino,
do que quem é julgador.


Áudio

Não fecheis o coração, ouvi, hoje, a voz de Deus (Salmo 94/95) #2

Não fecheis o coração,
ouvi,  hoje, a voz de Deus!

1. Vinde, exultemos de alegria no Senhor, 
aclamemos o rochedo que nos salva. 
Ao seu encontro caminhemos com louvores 
e com cantos de alegria o celebremos!

2. Vinde, adoremos e prostremo-nos por terra
e ajoelhemos ante o Deus que nos criou!
Porque ele é o nosso Deus, nosso Pastor, 
e nós somos o seu povo e seu rebanho. 

3. "Não fecheis os corações, como em Meriba,
como em Massa, no deserto, aquele dia, 
em que outrora vossos pais me provocaram 
apesar de terem visto as minhas obras."

Aleluia! Eu vim para cumprir a vontade do meu Pai

Letra e Música: Ir. Míria T. Kolling

Aleluia, aleluia! Aleluia, aleluia!

1. Eu vim para cumprir a vontade do meu Pai,
e ser entre os homens sinal do seu amor!

2. E todo o que me segue, no gozo e no sofrer,
será abençoado, feliz em seu viver.