Hino da Campanha da Fraternidade 2018

Letra: Frei Zilmar Augusto | Música: Pe. Wallison Rodrigues

01. Neste tempo quaresmal, ó Deus da vida,
a tua Igreja se propõe a superar.
A violência que está nas mãos do mundo,
e sai do íntimo de quem não sabe amar.

Fraternidade é superar a violência!
É derramar, em vez de sangue, mais perdão!
É fermentar na humanidade o amor fraterno!
Pois Jesus disse que "somos todos irmãos."
Pois Jesus disse que "somos todos irmãos."

02. Quem plantar a paz e o bem pelo caminho,
e cultivá-los com carinho e proteção,
não mais verá a violência em sua terra.
Levar a paz é compromisso do cristão!

03. A exclusão que leva à morte tanta gente,
corrompe vidas e destrói a criação.
"Basta de guerra e violência, ó Deus clemente!"
É o clamor dos filhos teus em oração.

04. Venha a nós, Senhor, teu Reino de justiça,
pleno de paz, de harmonia e unidade.
Sonhamos ver um novo céu e uma nova terra:
todos na roda da feliz fraternidade.

05. Tua Igreja tem o coração aberto, 
e nos ensina o amor a cada irmão.
Em Jesus Cristo, acolhe, ama e perdoa,
quem fez o mal, caiu em si, e quer perdão.

Áudio | Partitura

O passarinho encontrou

O passarinho encontrou
agasalho pra seus pequeninos,

o teu altar, ó Senhor,
é abrigo pros teus peregrinos!

1. Como é boa a tua casa,
como é bom morar contigo,
por ti suspira minh'alma,
meu coração, ó Deus vivo!

2. Encontrou a andorinha
ninho para os seus filhotes,
o teu altar, tua casa,
eu encontrei, ó Deus forte!

3. Bem felizes os que moram
no limiar de tua casa,
os que em ti se apoiam,
celebrarão tua graça!

4. Bem feliz quem acha em ti
força para caminhar,
passando por terra seca
em fontes vai transformar.

5. Tuas bênçãos vão chover,
tudo vai virar jardim... 
Passando sempre mais fortes
em Sião vão ver Deus enfim! 

6. Senhor Deus onipotente,
ouve a prece do teu Cristo,
repara, ó Deus, nossa força,
pra face do teu ungido!

7. Pois um dia em tua casa
vale mais que mil lá fora;
a conviver com perversos,
prefiro estar à tua porta!

8. O Senhor é sol e escudo,
graça, glória e alegria;
aos seus nenhum bem sonega,
feliz quem nele confia!

9. Glória Deus, que nos acolhe
glória ao Cristo salvador.
E glória ao Santo Espírito,
dos povos terno louvor.

Aleluia! Esta casa eu escolhi e santifiquei

Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia! (Bis)

Esta casa eu escolhi e santifiquei,
para nela estar meu nome para sempre.

Os braços de um rio vêm trazer alegria (Salmo 45/46) #2

Os braços de um rio vêm trazer alegria
à Cidade de Deus, à morada do Altíssimo!

1. O Senhor para nós é refúgio e vigor, 
sempre pronto, mostrou-se um socorro na angústia;
assim não tememos, se a terra estremece,
se os montes desabam, caindo nos mares.

2. Os braços de um rio vêm trazer alegria
à Cidade de Deus, à morada do Altíssimo.
Quem a pode abalar? Deus está no seu meio!
Já bem antes da aurora, ele vem ajudá-la. 

3. Conosco está o Senhor do universo!
O nosso refúgio é o Deus de Jacó!
Vinde ver, contemplai os prodígios de Deus
e a obra estupenda que fez no universo.

Os braços de um rio vêm trazer alegria (Salmo 45/46) #1

Os braços de um rio vêm trazer alegria
à Cidade de Deus, à morada do Altíssimo!

1. O Senhor para nós é refúgio e vigor, 
sempre pronto, mostrou-se um socorro na angústia;
assim não tememos, se a terra estremece,
se os montes desabam, caindo nos mares.

2. Os braços de um rio vêm trazer alegria
à Cidade de Deus, à morada do Altíssimo.
Quem a pode abalar? Deus está no seu meio!
Já bem antes da aurora, ele vem ajudá-la. 

3. Conosco está o Senhor do universo!
O nosso refúgio é o Deus de Jacó!
Vinde ver, contemplai os prodígios de Deus
e a obra estupenda que fez no universo:
reprime as guerras na face da terra.

Eu vi novo céu, nova terra, eu vi

Eu vi novo céu,
nova terra, eu vi,
ó filhas e filhos do povo, eu vi! (Bis)

1. Pois o céu primitivo passou
e a terra de antes, também;
e esse mar que se via, afundou,
deles já não existe ninguém!
Vi descer lá do céu, lá de Deus.
Vi descer lá do céu, lá de Deus.
Uma nova cidade, também,
uma nova cidade, também. 
Pra o seu noivo enfeitada ela veio, 
pra o seu noivo enfeitada ela veio.
Jovem, bela, era Jerusalém!
Jovem, bela, era Jerusalém!

2. E do trono uma voz a bradar:
"Deus chegou para morar com seu povo,
seu barraco aqui vai levantar,
Deus da gente será Deus conosco!
Toda lágrima vai enxugar.
Toda lágrima vai enxugar.
E de morte ninguém mais ouviu,
e de morte ninguém mais ouviu. 
Todo grito de dor vai cessar,
todo grito de dor vai cessar.
O passado já era, sumiu!
O passado já era, sumiu!"

3. "Tudo novo eu estou a fazer,
coisas novas já vão existir,
pois de tudo eu sou 'A' e sou 'Z',
o princípio eu sou e o fim!
Quem tem sede vai logo beber,
quem tem sede vai logo beber.
Pois da fonte, água viva eu vou dar,
pois da fonte, água viva eu vou dar.
Quem vencer me terá como Deus,
quem vencer me terá como Deus. 
E meu Filho em herança será!
E meu Filho em herança será!"

O Senhor é o pastor que me conduz (Salmo 22/23) #4

O Senhor é o Pastor que me conduz;
não me falta coisa  alguma.

1. Pelos prados e campinas verdejantes
ele me leva a descansar.
Para as águas repousantes me encaminha
e restaura minhas forças.

2. Preparais, à minha frente, uma mesa,
bem à vista do inimigo,
e com óleo vós ungis minha cabeça;
o meu cálice transborda.

3. Felicidade e todo bem hão de seguir-me
por toda a minha vida; 
e, na casa do Senhor, habitarei
pelos tempos infinitos.